[ad_1]

ônibus-rodoviária2Quem costuma fazer viagens intermunicipais de ônibus precisa preparar o bolso. A partir desta quinta-feira (30), o preço da passagem vai aumentar. A Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Estado de Pernambuco (Arpe) autorizou o ajuste de 16,5% dos efeitos da inflação pela variação acumulada do Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA) nas tarifas dos serviços rodoviários intermunicipais de transportes de passageiros do Estado.

Esse aumento deve acrescentar de R$ 0,04 a R$ 0,14 por quilômetro (Km) percorrido, conforme o tipo de serviço oferecido pela empresa. Por exemplo, no caso de serviços rodoviários regulares – em pistas pavimentadas – a tarifa deixará de ser R$ 0,16 e passa para R$ 0,20 por passageiro mutiplicado pela quilometragem. “Ou seja, se de Recife para Caruaru o preço máximo praticado pelas empresas deve ser R$ 29,82 pela viagem, o reajuste vai ampliar o valor para R$ 35,83”, explica o diretor de regulação econômico-financeira da Arpe, Hélio Lopes.  No caso das não pavimentadas, o valor será de R$ 0,24 e não mais R$ 0,18. Para aqueles transportes que contém sanitário, a cobrança passa para R$ 0,21 para vias pavimentadas e R$ 0,25, no caso contrário.

Os transportes que dispõem de serviços complementares de características rodoviárias se dividem entre: execultivo, com leito e leito-cama. Para esses, os valores passam para R$ 0,25, R$ 0,42 e R$ 0,59, respectivamente. Anteriormente ao reajuste, os valores eram de R$ 0,20, R$ 0,32 e R$ 0,45. Para aqueles que rodam em vias urbanas, passam de R$ 0,14 (vias pavimentadas) e R$ 0,15 (não pavimentadas), para R$ R$ 0,16 e R$ 0,20. “Mesmo com essas correções e estabelecimento de preços máximos, as empresas podem oferecer promoções sem nenhum problema”, ressalta o diretor Lopes.

Ele ainda explica que é direito das empresas receberem, no mínimo, a correção da inflação para que melhorem seus serviços e continuem em operação. “O setor sofreu muito, principalmente desde de 2013 a 2015, e estava sem reajustes tarifários. Essa medida é importante também para oferecer condições melhores aos passageiros”, comenta. Além dessas mudanças, a resolução da Arpe também fixou os menores preços das passagens,  sendo R$ 3 para os de características rodoviárias e R$ 2 para urbanas.

Folha PE

[ad_2]

Fonte: Bezerros Agora / Clique aqui e veja essa e outras notícias.

%d blogueiros gostam disto: