O vereador Adé Motos (PSD) demonstrou preocupação no sentido de que profissionais da Educação também sejam incluídos no grupo prioritário para a imunização contra a Covid-19. O parlamentar encaminhou ofícios à secretária de saúde municipal Ieda Campos, Prefeita Lucielle, Deputado Federal André de Paula, secretário estadual André Longo e também ao governador de Pernambuco Paulo Câmara.

Destaca o documento:

“Note-se que, em outras campanhas de vacinação realizadas em vários  estados e municípios, como a do vírus Influenza dos tipos A (H1N1), A (H3N2) e B, no ano de 2019, os professores, juntamente com os profissionais da Educação, a população indígena e os idosos, receberam tratamento prioritário na referida imunização. Deste modo, não é razoável que, apenas com relação à imunização do Novo Corona vírus, atentando-se para a gravidade dos seus efeitos, o Governo do Estado aborde a imunização de forma distinta de todas as campanhas de vacinação realizadas anteriormente, excluindo os profissionais da Educação da fase prioritária de imunização”.

Tal medida se mostra coerente não apenas com as providências que vêm sendo adotadas pelo Poder Público no âmbito do Estado de Pernambuco, mas também por todos os países com alto contágio pelo COVID – 19, como a título exemplificativo a Alemanha, que busca imunizar prioritariamente os profissionais de saúde, bombeiros, policiais, professores e educadores.

Powered by WPeMatico

%d blogueiros gostam disto: