Em algumas fases de nossa vida nos tomamos pela desmotivação e pela insatisfação sobre como se encontram algumas coisas em nosso caminho. Às vezes pode ser por causa de um projeto que não conseguimos concluir ou sequer começar, pode ser uma instabilidade ou descontentamento no ambiente de trabalho, com a família, ou na convivência entre amigos e colegas, ou pode ser também por causa dos tantos esforços que já fizemos em relação a um monte de coisas que terminaram não dando certo. Ainda há também a possibilidade de estarmos frustados e desanimados pela ausência de oportunidades ou de propósitos que nos traga a inspiração e o entusiasmo diante dos nossos dias. Infelizmente não não há como mudarmos essas fases descontentadoras com um simples estalar de dedos, e mediante essa circunstância a gente só tem duas opções, ou permanece ainda por um determinado tempo mergulhado nessas angústias e desmotivações, ou transforma essas insatisfações em pontos de partidas, em impulso para mudarmos positivamente algumas coisas em nosso cenário, e a partir daí podermos modificar os resultados insatisfatórios, e a partir daí podermos dar um passo em outra direção, tentarmos outras alternativas, pedirmos suporte a alguém que possa nos ajudar, ir por onde não fomos ainda, ou finalizarmos um ciclo que já não tinha mais o que nos dar. Quem sabe também possamos arriscar algo que sempre quisemos mas que nunca tivemos coragem, e caso se a questão for de desentendimentos, que busquemos então alinhar as coisas com equilíbrio racional sabendo ouvir e falar, sabendo se impor ou ceder, e sobretudo sabendo nos desculpar ou perdoar. Qualquer coisa, por menor que possa ser e que possamos modificar em nosso dia, já altera e quebra a nossa rotina de tantas mesmices e insatisfações. Por isso, se a nossa vida não está trazendo naturalmente as modificações que gostaríamos, então ousemos descruzar os braços e fazermos nossas próprias alterações.A palavra para hoje é MUDANÇAS.

(Mariana Helena de Jesus)@marianahelenadejesuswww.marianahelenadejesus.blogspot.com.br

%d blogueiros gostam disto: