Sobre o caso de meningite…

As duas mortes provocadas por meningite e que foram confirmadas, ontem, pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) não foram de pessoas do município de Bezerros. A matéria do G1 publicada no site apenas mensionava que uma das vítimas faleceu em um hospital da cidade.

AS VÍTIMAS

O adolescente, de 13 anos, faleceu no dia 5 deste mês, enquanto o menino, de 3 anos, faleceu na última quarta-feira. Ambos são moradores da cidade de Cachoeirinha, localizada no Agreste pernambucano.

A criança deu entrada no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru. Já o adolescente morreu no Hospital Jesus Pequenino, em Bezerros. De acordo com a SES, foram realizadas coletas de material de ambos para análise pelo Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. O objetivo é verificar o agente causador do quadro, que pode ser provocado por diversos tipos de bactérias e vírus.

ESTATÍSTICASA SES disponibiliza, de rotina, os dados de doença meningocócica, que pode ser transmissível de pessoa a pessoa. Em 2019, até 22 de junho, foram notificados 24 casos de doença meningocócica, com 13 confirmações. No mesmo período de 2018, foram 20 casos e 15 confirmações. Em relação aos óbitos, em 2019, dois foram confirmados para doença meningocócica. No mesmo período de 2018 foram três.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp