Rio deve decretar calamidade para obter mais ajuda, diz secretária | Pernambuco Notícias

[ad_1]

Bombeiros trabalham na remoção de três corpos de dentro de um táxi soterrado na Avenida Carlos Peixoto, em Botafogo, após as chuvas que atingiram o Rio de Janeiro.

A secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro, Fabiana Bentes, disse hoje (10) que o Estado poderá atuar com mais força se a prefeitura da capital decretar estado de calamidade, diante dos estragos causados pelo temporal que começou na noite de segunda-feira (8). Ela garantiu, no entanto, que a pasta já vem atuando para prestar auxílio nas regiões impactadas.

“Já estamos com equipes de assistência social em vários lugares, mas efetivamente o Estado só pode entrar com recursos onde o município decrete estado de calamidade. Ainda estamos vivendo uma situação de emergência, então nossas ações precisam ser limitadas em função da responsabilidade de cada ente”, afirmou.

A secretária esteve hoje no Instituto Médico Legal (IML), no Rio, onde famílias aguardam a liberação dos corpos das vítimas. Ontem (10), o número de mortos subiu para 10. De acordo com Fabiana, a dimensão dos estragos impõe dificuldades para o trabalho. “A chuva se alastrou. Nós temos recursos humanos limitados, mas nossas equipes estão em todas as áreas”.

[ad_2]
Fonte: Pernambuco notícias

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp