[ad_1]

hurjkwsMuitas vezes o que mais nos sufoca e nos martiriza diante de uma dificuldade, ou de um momento complicado, não é exatamente a “extensão” do problema, é o “medo” que nutrimos por temer que as coisas não se resolvam, que não sejamos fortes o suficiente para conduzirmos a situação, e que não tenhamos a resposta de Deus para nos auxiliar perante o percurso difícil. Aumentamos de tamanho o nosso problema através da nossa insegurança e fé abalável, quando nos posicionamos frente os obstáculos, temendo a ausência de resultados favoráveis. Definitivamente, nós ainda não aprendemos a lição do “tempo de Deus”, porque mediante os desafios sempre voltamos a duvidar, a temer e a ficarmos inseguros sobre a resolução de nossos dilemas. O “medo” acaba nos impedindo de confiar e de lembrar que no “tempo do Pai” tudo tem sua hora, que todas as coisas se ajeitam, todos os obstáculos são superados, e todas as nossas indagações e esperas recebem respostas. Deus jamais cruza os braços diante daqueles que sofrem, e que em meio às aflições lhe clama através de uma prece.
A palavra para hoje é ORAÇÃO.

Enviado por:Redator

[ad_2]

Fonte: Bezerros Hoje / Clique aqui e veja essa e outras notícias.

%d blogueiros gostam disto: