[ad_1]

redes-sociaisQue as redes sociais se tornaram uma das ferramentas mais poderosas e úteis para a comunicação, isso ninguém duvida. Com as proximidade das eleições, muita gente usa do espaço cibernético para mostrar o que fez de “bom” para a comunidade, além de ostentar com fotos e vídeos na tentativa de se sair bem quando chegar a hora do pleito eleitoral.

Os principais usuários desse recurso são os pré candidatos a vereador. O ano de 2016 começou com muita gente fazendo isso. Entre as ações de boa vontade estão doações, projetos sociais, homenagens e outros do mesmo cunho.

Embora muitas vezes de improviso, o uso dos meios de comunicação em moda sempre foi explorado em época de eleição, porém com a expansão desses canais adentrando em todos os níveis sociais, facilidade na compra de telefones móveis e rede de internet, as formações de opiniões sempre divergem e podem colocar o pré candidato em dúvida.

Outra precaução que deve (ou deveria) permear a mente dos possíveis legisladores, é em relação a justiça eleitoral. Os mesmo meios de comunicação que difundem as ações na comunidade, também chegam até os olhos do Ministério Público. Qualquer deslize pode se caracterizar como campanha antes do período permitido.

[ad_2]

Fonte: Bezerros Agora / Clique aqui e veja essa e outras notícias.

%d blogueiros gostam disto: