Desde o início de 2019 que rumores de uma possível renuncia do prefeito Branquinho ronda o cenário político, inicialmente o motivo seria um convite para participar do 2º governo Paulo Câmara o que até então não aconteceu. A partir da não efetivação no Governo do Estado uma indefinição pairou sobre alguns setores da gestão que começou a ter como certa a chegada do vice – prefeito Breno como chefe do executivo, automaticamente o grupo pró – Breno entendeu como uma oportunidade para o fortalecimento do projeto 2020 o que contribuiu ainda mais para as especulações. Outro fator determinante numa possível renuncia pode ser a saúde do prefeito que devido a constante pressão ocasionada pelo ofício do ser gestor público, onde diariamente enfrenta uma série de problemas administrativos, financeiros e do dia a dia no município acabou acarretando o cansaço físico e mental o que requer tratamento. Ainda não se sabe o destino da gestão Branquinho e Breno para 2019, muitos dão como certa a renuncia após o carnaval, outros não acreditam que o atual prefeito Branquinho abrirá mão de concluir o mandato em exercício colocando em risco sua história de vida pública podendo cair aos olhos dos bezerrenses na pecha de abandonar a cidade.