Gildo Bezerra, 46 anos, faleceu ontem, segunda-feira (2). Ele estava internado no hospital Regional de Caruaru em decorrência de acidente de moto na zona rural de Camocim de São Félix no dia 16 de outubro. Ele chegou consciente na emergência e foi submetido a exames médicos, que constataram hemorragia interna. O quadro vinha evoluindo apos cirurgia, mas, no domingo (1), apresento sério problema renal com complicações que o levou a óbito.

HISTÓRIA

Gildo Bezerra é um nome de destaque na militância política em Bezerros. Nos anos 90 teve forte participação nos movimentos estudantis, com passagem pela UESB, entidade muito presente nas campanhas do ex-prefeito Marcone Borba. Em 1997 foi um dos redatores do jornal Voz de Bezerros, veículo fundado pela oposição com linha editorial crítica ao governo Lucas. Em 2003, incentivou a apoiou o surgimento do jornal Bezerros Hoje, onde passou a escrever textos críticos sobre política local. Além da militância política, Gildo Bezerra foi Agente de Saúde e administrador de empresas. Bezerros perde uma grande figura.

Equipe do Bezerros Hoje comemorando o 1° ano do jornal em 2004.

SEPULTAMENTO

O corpo de Gildo Bezerra será velado na residência do seu pai, situada à Rua Thaumaturgo Sobrinho, no alto São Sebastião. O sepultamento acontecerá às 16h desta terça-feira (3).

Powered by WPeMatico

%d blogueiros gostam disto: