[ad_1]

a23Inúmeras vezes precisamos percorrer um trajeto muito dificultoso perante um desafio que nos propomos enfrentar, ou que tenta nos arrastar contra a nossa vontade por longínquos e desconhecidos caminhos. E tantas vezes achamos não possuirmos forças suficientes para nos conduzirmos firmemente, e nem condições de irmos até o final do percurso, que nos exige grandes esforços e muita persistência. Certamente que na maioria das vezes em que somos testados por problemas inesperados, ou por obstáculos que decidimos ultrapassar, e que a solução e superação independe do nosso desdobramento, a gente chega a pensar em “desistir”, mesmo que momentaneamente, a gente pensa em abandonar o barco, retroceder, sair da rota, deixar o caminho, ou pelo menos deixar-se ser levado pelos ventos do acaso. O nosso maior equívoco mediante esses momentos de turbulências é nos deixarmos abater, e nos desesperançarmos pelas circunstâncias desfavoráveis, esquecendo-nos da “providência divina”, que age como farol a nos guiar por entre os mares mais revoltos. Por isso, nenhuma “tempestade” ou “vendaval” por maiores e fortes que sejam, podem aniquilar aqueles que “esperam” serenamente em Deus, e que se “lançam” às suas águas, “Porque o Senhor ouve os necessitados, e não despreza os seus cativos.” (Salmo 69:33).
A palavra para hoje é CONFIANÇA.

Enviado por:Redator

[ad_2]

Fonte: Bezerros Hoje / Clique aqui e veja essa e outras notícias.

%d blogueiros gostam disto: