Foi aprovado no início da tarde desta quinta-feira (12), no plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), a reforma da Previdência Estadual. Proposta pelo Governo do Estado, as medida reajusta a contribuição dos servidores, que deve passar de 13,5% para 14%. A bancada de oposição votou contra a medida.

Aprovada por 27 votos a 8, o projeto deve ser votada em segundo turno na próxima segunda-feira (16). Votaram contra, os deputados Marco Aurélio (PRTB), Juntas (PSOL), Clarissa Tércio (PSC), Gleide Ângelo (PSB), Priscila Krause (DEM), Romero Sales Filho (PTB), Wanderson Florêncio (PSC) e William Brígido (PRB). Gleide Ângelo foi a única governista a votar contra a Reforma.

Além da elevação da contribuição, de 13,5% para 14%, o governo propõe criação de um fundo de capitalização complementar para novos servidores. Se aprovadas em segundo turno, as medidas seguem para sanção do governador Paulo Câmara (PSB). (Fonte: Portal da Prefeitura)

Powered by WPeMatico

%d blogueiros gostam disto: