Com um volume de chuvas há muito tempo não visto na Região do Agreste, a Barragem de Jucazinho começa a dar os primeiros sinais de recuperação do seu volume acumulado. Depois de quatro anos, o principal manancial da região voltou a atingir o nível de 10,35%, saindo do estágio de pré-colapso com o percentual abaixo de 1% que vinha sendo registrado desde 2016. Em termos de água para a população, a novidade é particularmente comemorada pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), visto que permitirá reduzir o rodízio em oito cidades do Agreste, já a partir de hoje (20). De acordo com a presidente da Companhia, Manuela Marinho, essa é uma medida que deve se estender a outros três municípios que são atendidos pela barragem nos próximos dias.

Powered by WPeMatico

%d blogueiros gostam disto: