[ad_1]

hSe pararmos para analisarmos as “voltas” que a vida nos fez dar, perceberemos quantas “reviravoltas” extraordinárias Deus nos fez passar. Se tudo o que a gente tivesse pedido ou tentando conquistar, tivéssemos alcançado, muitas coisas importantes não teríamos vivido, e muitas pessoas especiais não teríamos conhecido. A gente sempre acha que é dono do próprio destino, dono da verdade, da certeza, da convicção sobre o que virá no futuro, e que Deus deveria ouvir todos os nossos clamores, e nos atender exatamente na hora em que desejamos. Muitas vezes não entendemos os “nãos” dado por Deus, e não queremos aceitar a “demora” que o “tempo” dEle leva para agir. Porém, quando olhamos para trás, fica nítida a “exatidão” do “tempo divino”. Tudo acontece na hora certa! Já imaginou se todo mundo tivesse ficado com o primeiro amor de escola, se nunca tivesse fracassado, se nunca tivesse chorado, sentido dor, se nunca tivesse dado adeus, nem recomeçado, se tivesse ficado no mesmo emprego, apenas com os amigos de infância, morando na mesma casa, e nutrindo os mesmos sonhos… Por isso devemos ser imensamente “gratos” ao Pai, pois nos tornamos quem somos hoje, porque foi preciso nos esforçarmos ontem, nos expandirmos, nos desmontarmos, nos reconstruirmos, e sobretudo, porque Deus usou o tempo dEle ao invés do nosso, pois Ele sabia o quanto o “nosso tempo” tinha erros, incertezas, e precipitações.
A palavra para hoje é AGRADECIMENTO.

Enviado por:Redator

[ad_2]

Fonte: Bezerros Hoje / Clique aqui e veja essa e outras notícias.

%d blogueiros gostam disto: