A coligação do prefeito Breno Borba chegou a pedir, na Justiça Eleitoral, acesso a dados técnicos da pesquisa que seria divulgada nesta quarta-feira (11). O justiça eleitoral deferiu o pedido, mas os dados requeridos não foram repassados pela empresa AUGUSTO DA S ROCHA EIRELI, a qual é responsável pelo levantamento. A coligação da candidata do DEM à prefeitura de Bezerros, Luciele, quem entrou com pedido liminar, que foi concedido pelo Juiz Eleitoral da 35 zona eleitoeal suspendendo a divulgação.

“Note-se, ademais, que tal pesquisa foi objeto de um pedido de “acesso ao sistema interno de controle, verificação e fiscalização da coleta de dados para pesquisa”, registrado sob o nº 0600380-82.2020, aforado pela COLIGAÇÃO FRENTE POPULAR DE BEZERROS, o qual, contudo, em que pese o deferimento do acesso por esta Justiça Eleitoral, seguido da notificação da pessoa jurídica, não houve a apresentação de qualquer resposta ou mesmo a entrega dos documentos requisitados, o que revela uma certa conivência da pessoa jurídica representada para a omissão de dados, reforçando o entendimento de que se trata de uma pesquisa fraudulenta”. Ler sentença aqui

Powered by WPeMatico

%d blogueiros gostam disto: