Cresce o número de bancários infectados pelo novo coronavírus em Pernambuco

O Sindicato dos Bancários de Pernambuco revelou, nesta segunda-feira (18), preocupação com o grande número de profissionais contaminados. Cerca de 300 profissionais já testaram positivo para o novo coronavírus.

De acordo com Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), a situação tende a piorar com pagamento da segunda parcela do auxílio de R$ 600, que começa nesta segunda e continua centralizado no banco.

Confirmações e suspeitas

Segundo a Apcef-PE e o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, o Estado registra pelo menos 155 casos confirmados de trabalhadores com o covid-19. Além da Caixa (com 51 casos), estão neste levantamento os bancos Santander (com 35), Bradesco (com 32), Itaú (com 19), do Brasil/BB (com 14) e do Nordeste/BNB (com 4).

Em relação aos 116 bancários com suspeitas da doença, a Caixa lidera o balanço (com 54 casos). Na sequência, os bancos Santander (com 31 casos), Bradesco (com 16), BB (com 8), BNB (com 5) e Itaú (com 2).

Nota do Sindicato na íntegra

O Sindicato dos Bancários de Pernambuco condena a falta de medidas eficazes do governo federal para reduzir as aglomerações em unidades da Caixa Econômica, tendo em vista a chegada do pagamento da 2a parcela do auxílio emergencial. O grande volume de pessoas nas agências, e o consequente adoecimento dos empregados da Caixa, é resultado da postura irresponsável do governo federal, que deveria intensificar a descentralização do pagamento, massificar campanhas de esclarecimento sobre o benefício, e orientar melhor a população, que necessita receber o pagamento com urgência, através de parcerias com governos estaduais e municipais. Entre os seis principais bancos que atuam em Pernambuco, a Caixa apresenta o maior número de casos suspeitos e confirmados de empregados com COVID-19. Até este domingo (17), um total de 292 bancários de Pernambuco contraíram ou apresentam sintomas da Covid-19. Destes, 105 são empregados da Caixa Econômica Federal, dos quais 51 testaram positivo e 54 deles são casos suspeitos de contaminação pelo coronavírus, segundo levantamento do Sindicato dos Bancários de Pernambuco. O número pode ser ainda maior, pois, pressionados pela gestão do medo implementada no banco, empregados estão escondendo o adoecimento para evitar perder promoções internas. O Sindicato dos Bancários de Pernambuco orienta que categoria realize denúncias, com garantia do sigilo, através do whatsapp: (81) 9 7119-8585

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp