Vacina garantiu 100% de proteção contra mortes, casos graves e internações nos voluntários que foram contaminados. Instituto Butantan, localizado no Estado de São Paulo, diz que deve finalizar até sexta (8) processo de solicitação à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para liberação de uso emergencial.

Mais informações no G1

Powered by WPeMatico

%d blogueiros gostam disto: