Gerente contou à PM que o grupo havia consumido várias bebidas alcoólicas e se recusava a pagar pelo valor cobrado. Clientes são presos após não pagarem conta e espancarem gerente de boate em Várzea Grande
Polícia Militar de Várzea Grande/Divulgação
Quatro homens foram presos nesse sábado (27) suspeitos de espancarem o gerente de uma boate no Bairro Jardim Potiguar, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.
Segundo a Polícia Militar, testemunhas denunciaram a situação depois que perceberam uma briga generalizada no estabelecimento.
Foram presos Birgel da Silva, de 44 anos, Sérgio Fernandes Rodrigues Júnior, de 31 anos, Jodival Claro Leite, de 41 anos, e Robinson da Conceição Miranda, de 45 anos. Dois deles tinham a prisão decretada por outros crimes e eram considerados foragidos.
O G1 não localizou os advogados deles. A PM não informou se eles confessaram ou negaram as agressões. A polícia chegou no momento em que os quatro suspeitos agrediam a vítima.
A briga foi controlada e os suspeitos detidos.
O gerente contou à PM que o grupo havia consumido várias bebidas alcoólicas e se recusava a pagar pelo valor cobrado. Eles tentaram sair da boate e foram questionados pelo gerente, que acabou agredido.
Um deles estava armado com um facão. Todos os clientes envolvidos foram levados à Central de Flagrantes de Várzea Grande.
%d blogueiros gostam disto: