Professores fazem protesto em Bezerros

Professores fazem protesto em Bezerros

Salário referente ao mês de agosto ainda não foi pago pelo governo municipal

Segundo o representante do Sindicato dos professores de pernambuco/SINPRO, George Sanguineto, a prefeitura de Bezerros creditou nesta quarta-feira (18) 50% do salário dos professores referente ao mês de agosto. A promessa é que a outra parte seja liberada no final de semana, mas isso dependeria de repasses de recursos da União. A medida não arrefeceu o movimento da categoria que faz parada hoje com protesto pelas ruas da cidade. Segundo George, há outras demandas não cumpridas pela gestão municipal, como a falta da satisfação oficial junto a categoria, além de questões relativas ao Plano de Cargos e Salários (PCC). A categoria já tinha feito uma parada diante da possibilidade de corte na gratificação de difícil acesso.

Imagens: Portal Bezerros

Bezerros reduz em 50% exames de ultrassom

Bezerros reduz em 50% exames de ultrassom

Com uma cota de 400 exames/mês, o município de Bezerros passou a realizar 200 exames de ultra-sonografia na saúde, um corte de 50%. A medida, segundo informou o prefeito Breno Borba em entrevista à rádio Gravatá FM, deve-se a contenção de despesas. Segundo o prefeito, dez mil reais serão economizados com a medida a qual promete ser temporária.

Bezerros e outros municípios se comprometem a controlar qualidade da água com preenchimento do Siságua

Bezerros e outros municípios se comprometem a controlar qualidade da água com preenchimento do Siságua

As Prefeituras de Bezerros, Cabrobó, Chã Grande, Orobó e Venturosa se comprometeram com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), através de Termos de Ajustamento de Conduta (TACs), a garantir o devido preenchimento do Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Siságua), o cumprimento da Diretriz Nacional de Plano de Amostragem, bem como a atuação das Secretarias de Saúde Municipais quando detectados resultados irregulares, a fim de assegurar o acompanhamento da qualidade da água destinada às populações e reduzir o risco de doenças de veiculação hídrica.

Assim, é preciso preencher devidamente o Siságua com cadastro dos responsáveis pelo abastecimento de água, identificação da população abastecida, cadastro e atualização das formas de abastecimentos, resultados das análises de água mensais e semestrais realizadas pelos responsáveis pelo sistema de abastecimento e soluções alternativas coletivas, além dos resultados das análises realizadas pela vigilância.

O responsável pelo sistema de abastecimento de água e/ou solução alternativa coletiva precisa ser avisado, de imediato, sempre que detectados resultados de análises de água em desconformidade com os padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde, ou qualquer outra irregularidade. Resultados insatisfatórios devem ser reverificados para acompanhamento da evolução da qualidade da água.

Ainda é necessário controle e vigilância do sistema ou solução alternativa coletiva de abastecimento de água.

Os TACs foram motivados pelo Informe Vigiágua da Secretaria de Saúde do Estado de Pernambuco, que indicou 98 municípios sem informação de análises de amostras de água no Siságua.

Fonte: Ministério Público de Pernambuco

Diretor-presidente da FACOL recebe título de cidadão bezerrense

Diretor-presidente da FACOL recebe título de cidadão bezerrense

O fundador do grupo educacional Facol (Vitória/PE) Paulo Roberto, recebeu da Câmara de Vereadores o título de Cidadão Bezerrense. Em suas redes sociais destacou a importância do reconhecimento do legislativo Municipal. “Tive a felicidade de receber, nesta terça-feira (17), o Título de Cidadão Bezerrense, outorgado em sessão solene da Câmara de Vereadores do Município. Em nome do presidente da Casa Legislativa e autor do Projeto de Lei, José Hailton (Gabeira), agradeço a todos os vereadores pela concessão desta honraria. Nossos agradecimentos também ao prefeito Breno Borba, e aos amigos que estiveram presentes e prestaram homenagens. Gratidão é dívida que não prescreve. Bezerros, conhecida nacionalmente como a terra do papangu, sempre foi uma cidade que nos recebeu de braços abertos e que, desde de 2012, acolheu uma unidade do Sistema Educacional Radar, que em breve passará a contar, além dos cursos de pós-graduação, com as graduações. Se tornar cidadão bezerrense é uma grande honra e aumenta ainda mais a nossa responsabilidade e compromisso de continuar contribuindo ainda mais para o avanço desta terra”.