Por iniciativa da Associação dos Advogados de Bezerros, contando com apoio de outros órgãos governamentais e civis, na gestão municipal de Elizabete  Maria  Silva de Lima, – “BETE DE DAEL”-, com a doação de área necessária para assentamento do  o novo prédio do Fórum Judicial que veio a ser uma realidade. Fora inaugurado  29 de março passado. Será utilizado  para uso das Varas Judiciais que se instalarão no novo e arrojado  prédio. Há a necessidade de instalação a de Vara Penal para  desafogar as varas já existentes. Hoje existe espaço interno. É possível ainda a instalação do Cartório Eleitoral –  ´TRE -” Cartório de Registro de Imóveis, Defensoria Pública. Sala da Ordem dos Advogados e  Cartório de Tabelionato.  Em consequência o prédio do Fórum atual está no momento  desativado e sem uso pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco –  TJPE -. O Presidente da Associação dos Advogados de Bezerros, DR. Edgar Lino Ferreira já oficiou a Presidência daquela Corte Judicial, para que  ali sejam  instaladas  as lides legislativas da Câmara Municipal de Bezerros.  Nesta legislatura,  a empreitada está gerando series de criticas, e em evidencias.  Oque é notório  a Edilidade de Bezerros não se encontrar  bem aparelhada no local atual.  Os Senhores Vereadores não  possuem  gabinetes apropriados e adequados  para o exercícios de suas atividades legislativas, não tem espaço para receberem seus correligionários. E, por outro lado a família de Coronel  Salviano Machado Filho, doador daquele prédio, localizado à Rua Coronel Bezerra, centro da cidade,  afirma que  a doação fora  exclusiva  para ter lugar naquele local  a promoção de artes, saraus  culturais,  exposições de artes visuais  e demais atividades correlatas, conforme constam especificamente na Escritura  Pública de Doação para a municipalidade. Os atuais membros daquela  família demonstram a insatisfação pela ocupação do tal prédio, uma vez que na “Escritura Pública” citada constam ainda estes destaques:  – Não  deverá ocorrer no átrio do tal prédio: Saraus  Dançantes e exercício de atividades  politicas partidárias. ”  Assim sendo Dr. Edgar Lino, vem amenizando tal situação com os membros da família insatisfeita,  tornando possível a transferência das atividades legislativas para o prédio desativado  do Fórum local, que poderá  ser  utilizado pela Edilidade, com adaptações necessárias. Desta forma a Câmara Municipal estará bem instalada, com gabinetes para todos os Vereadores e com amplo local para estacionamentos. E por outro lado o atual prédio da Edilidade passará a ser utilizado pelas respectivas Secretarias Municipais, direcionando atividades de finalidades culturais, como estabeleceu  o doador Cel. Salviano Machado Filho e demais membros da iminente família  da  sociedade local. Face atual situação Dr. Edgar Lino, vem mantendo contato com o atual Presidente da Câmara Municipal  – GABEIRA, visando contatos imediatos e vários junto ao Tribunal de Justiça para que tal viabilização ocorra o mais breve possível e a cessão daquele prédio localizado na  Av. Agamenon Magalhães, –  ora  pleiteando por  Cessão de Uso – ”  por comodato, pelo período de 30  anos, ou a doação do imóvel a Edilidade local. ( EDLIFE Jorn.Rep.Fot.DRT – RJ 14.585)

%d blogueiros gostam disto: