Ainda dá o que falar o fato do Banco Internacional do Desenvolvimento (BID) suspender a construção do Parque Janelas para o rio em Bezerros. A reportagem apurou que o banco sabia da situação do lixão de Bezerros e que soluções foram acordadas justamente com a prefeitura, que deveria licitar a construção de um galpão e doar a prensa para reciclagem do lixo. Ainda segundo apuramos o material orgânico seria levado para um aterro sanitário de Caruaru. “Teve até visita técnica no local para escolher o lugar para construção do galpão e o equipamentos para os catadores”, revela a fonte consultada. Uma imagem registra uma reunião em Recife com o ex-prefeito Branquinho e representantes do banco onde se discutiu sobre a solução para o lixão de Bezerros. O governo Breno lançou nos enviou nota onde “esclarece que o município cumpriu todas as exigências prévias do programa, porém somente agora o Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID fez a exigência da desativação do lixão em caráter de urgência”. Pedimos posteriormente a assessoria de imprensa informações sobre andamento dos pontos acertados.

O diretor da ASPLAMA em audiência pública na Câmara Municipal dava como certa o início da construção do Parque em pouco meses. Ver matéria aqui

Reunião com o BID foi realizada para discutir justamente o lixão de Bezerros

%d blogueiros gostam disto: