O site Bezerros Hoje tem evidenciado a necessidade de mais ventiladores mecânicos no hospital de Campanha de Bezerros.

Em entrevista ao perfil Bezerros 24h, o prefeito Breno Borba anunciou que vai ampliar a capacidade da sala vermelha do hospital de Campanha para o tratamento da Covid-19 no município. A pauta tem sido levantada pelo site Bezerros Hoje diante do estrangulamento da rede estadual. O prefeito disse que equipamentos de ventilação mecânica devem está chegando nos próximos dias, mas não informou a quantidade. O hospital de Campanha de Bezerros conta com 31 leitos, sendo dois deles de média complexidade. Na reportagem, o prefeito Breno vai em consonância com as informações do Bezerros Hoje sobre a necessidade do município oferecer mais estrutura para receber pacientes que necessitem de auxílio do equipamento respiratório. Segundo ele, a fila de espera para um leito de UTI Estado chega hoje a 200 pessoas.

Matéria foi destaque na última coluna política

O hospital de Campanha de Bezerros para a Covid-19 atende aos critérios do Ministério da Saúde, mas a nossa necessidade é ainda maior diante do estrangulamento da rede estadual. A nossa estrutura é de baixa complexidade ( apenas duas salas mais equipadas) e pode saturar rapidamente, caso haja uma demanda de pacientes que necessitem de transferências para outras unidades de saúde. Alertamos ainda no início da quarentena a necessidade de um hospital de campanha com os tão falados ventiladores mecânicos, que salva vidas. Sabemos que o município tem apenas três desses equipamentos e isso é pouco diante de uma demanda de pacientes graves. Por que ainda não corremos atrás de mais alguns deles? Municípios que foram atrás montaram suas estruturas mínimas, mas que darão suporte caso o pior aconteça. Não, não somos técnicos em saúde pública, mas atentamos aos fatos e eles não mentem. O primeiro paciente grave do novo coronavírus no município, uma senhora com 77 anos, não teve a chance de um leito de UTI no estado e faleceu na sala vermelha da Unidade Mista, onde foi assistida na medida do possível, graças aos equipamentos disponíveis. Somos mais de 65 mil pessoas e já vivemos a chamada contaminação comunitária. Ainda há tempo de correr atrás…

Powered by WPeMatico

%d blogueiros gostam disto: