Por que será que a pauta das mulheres aqui em Bezerros fica sempre em último plano? Nosso Papo de Mulher hoje vai falar sim de quanto Bezerros é uma cidade ultrapassada, vive num retrocesso e que não avança nos assuntos relativos a nós mulheres. Gente, por mais que discutamos, por mais que criamos projetos que possam citar pautas de mulheres, Bezerros não avança. Não se chega aos grandes objetivos porque somos uma cidade machista que pensa pequeno, num mudinho estreito. Enquanto muitas cidades crescem e já perceberam que as mulheres são possibilidades de avanço, em Bezerros tudo é comandado nos interesses machistas. Até quando vamos ser instrumentos de interesses convenientes para os homens? A indignação que talvez vocês percebam neste texto, vem de mais uma vez observar que os grupos que nós mulheres estamos inseridas perdem espaços todos os dias nessa cidade. Será que a população conhecem os grupos de mulheres que atuam sozinhas por não haver espaço nenhum para reunir ou discutir suas ideias e projetos. Somos inúmeros grupos de mulheres como UBM ( União Brasileira de Mulheres), Mulheres em Pauta, Coordenadoria da Mulher, Mulher Arte e Lazer entre outros que atuam dentro dessa cidade mas que perde lugar todos os dias porque não há espaço para nós. Esses grupos não se firmam! Recentemente, o Programa Mulheres em Pauta foi descartado por não ter espaço na nova programação da Rádio 104 FM. A UBM e os outros grupos que reúnem mulheres em locais cedidos e criam seus próprios eventos custeando, quando dar ,para que outras mulheres se integrem nessa luta e se empoderem mais. Agora, tem alguns momentos específicos que nós mulheres somos lembradas e até oferecem todos os espaços possíveis e em 2020 vamos ver isso acontecer. Somos lembradas no processo políticos onde partidos buscam mulheres para obrigatoriamente cumprir a cota exigida por lei. Somos lembradas nos discursos de campanhas políticas onde esses candidatos precisam enaltecer as mulheres, afinal isso dar credibilidade para eles. Somos lembradas quando os homens precisam de uma grande mulher atrás dele para conduzi-lo. Nisso somos as vices, as adjuntas, as diretoras, as possíveis secretárias, as assistentes. Somos lembradas nos cursos de corte e costura, de culinária, de artesanato ( não desmerecendo de forma alguma esses cursos tão importantes) ou até mesmo nas militâncias políticas de campanhas políticas. Tudo num espaço curto de tempo. Depois voltamos a nossa insignificância. Isso precisa mudar! No entanto, só nós mulheres temos a capacidade de transformar essa realidade. Somos a maioria de votantes nesse país. Somos a maioria da população brasileira. Estar em nossa mãos a possibilidade de mudança. Mulher precisa votar em mulher, desde que represente as nossas verdadeiras lutas. Só assim entraremos nos espaços de poder e poderemos mudar o mundo e começaremos por nossa terra, Bezerros!!!

Cristiane Soares

Powered by WPeMatico

%d blogueiros gostam disto: