A Câmara de Vereadores de Bezerros não aprovou projeto apresentado pela mesa diretora que instituia possível concurso público no legislativo de Bezerros ainda este ano. Foram seis votos favoráveis e oito contrários. A atual legislatura, que tem à frente o presidente Cáca (PSD), recebeu recomendações por parte do MP/PE e TCE . Votaram favoráveis os vereadores Nivaldo Santino, Guinho de Pessoa, Luiz Carlos, Didiu da Laranja, Júnior Carvalho e Romero; Contrários: Gabeira, Eliel, Cláudio do Salgado, Erivaldo da Carne de Sol, Fia de Cajazeiras, Toinho do Boi Gordo, Ti-ti-ti e Vando. O presidente da Câmara não votou porque só se posicionaria em caso de empate. (Assista a reunião clicando na imagem).

CONFUSÃO:

Alguns vereadores tentaram justificar o voto, mas houve confusão na interpretação da lei. O vereador boi Gordo, por exemplo, destacou o seu voto contrário por achar que o concurso só abriria cinco vagas, já o vereador Gabeira acredita que a matéria tratava mesmo de uma mini reforma administrativa e que se quer passou pelas comissões. O vice-presidente da casa, Junior Carvalho, lembrou que a medida é uma exigência do TCE e que a cobrança já vem de outras legislaturas. Os vereadores Nivaldo e Luiz Carlos, ex-presidentes da casa, não só votaram favoráveis como defenderam o projeto na tribuna.

Leia:Presidente da Câmara promete concurso público no legislativo

 

 

Share




Sua opinião é muito importante para nós! Faça seu comentário:

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here