Na sociedade atual ainda se dividem as opiniões sobre o porquê de se fazer psicoterapia. As concepções sociais variam desde o conceito que é “coisa de louco”, “para quem tem problema mental”, até mesmo conceitos de “é coisa para quem tem dinheiro”.
O que seria “coisa de louco”? Ou melhor ainda, o que seriam esses tais “problemas mentais”? E será que fazer psicoterapia só é para quem tem dinheiro mesmo?
A psicoterapia com o passar do tempo vem quebrando tabus e transformando essa visão social.
Psicoterapia é trabalhar com o sujeito dentro do seu mundo, seu contexto de vida, e de suas concepções sobre o mundo, o homem e sobre si. Vasta área de vida em que não tem conseguido lidar sozinho.
Isso vale desde aquele indivíduo que tem conflitos internos e que não sabe lidar com seu próprio modo de viver, ao indivíduo que é ansioso interferindo na sua vida cotidiana, ou aquele que mantem uma autoestima baixa, aquele que não consegue manter um foco, um objetivo em coisas que deseja, dentre inúmeras outras situações que interferem direta ou indiretamente na vida.
Quando falamos em problema mental estamos diretamente falando de uma mente que não está muito saudável. Essa mente pode ter inúmeros contextos envolvidos, inclusive um processo de separação, vivencia de um luto, adolescente em processo de escolha profissional, mudanças de fase, enfrentamento de uma doença grave, tudo isso está relacionada à nossa mente, e caso não estejam bem resolvidos, podem sim ser um problema a se resolver.
E todas essas questões são razões para se buscar um psicólogo, profissional de fato capacitado para te ajudar a enfrentar tais dificuldades.
Quanto ao seu valor, converse com o profissional e veja suas reais condições.
E você, já parou para pensar quais as razões em sua vida te levariam a fazer psicoterapia???

Entre em contato e tire suas dúvidas!

#Psicoterapia
#Psicologia
#Bezerros
#LaiseGomesLealNovaesCantarelli
#SaúdeMental
#CuideDeSuaMente


Sua opinião é muito importante para nós! Faça seu comentário: