Em assembleia realizada na noite desta terça-feira (07), os trabalhadores dos Correios em Pernambuco decidiram manter o estado de greve e ampliar a luta por direitos. Em todo o Brasil, a categoria irá se reunir novamente no próximo dia 14 para deliberar sobre o movimento e possibilidade de paralisação.

O foco da negociação está na cobrança de mensalidade no Plano de Saúde, contra a privatização da ECT, defesa de uma empresa pública e de qualidade e contra o sucateamento dos Correios.

O comando de negociação do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos em Pernambuco (SINTECT-PE) comunicou à categoria as condições do Tribunal Superior do Trabalho (TST) para manter a mediação, em despacho assinado pelo vice-presidente do Tribunal, Renato de Lacerda Paiva.


Fonte: Bezerros Agora .

Sua opinião é muito importante para nós! Faça seu comentário: