⏩ A cada dia, o número de pessoas com Alzheimer tem aumentado no mundo inteiro.

⏩ E como ainda não há uma cura para a doença, o recomendável é que você saiba como identificá-la o mais rápido possível, pois quanto antes começar o tratamento, mais qualidade de vida a pessoa com Alzheimer terá.

⏩ O Alzheimer é uma doença neuro-degenerativa que provoca o declínio das funções cognitivas, reduzindo as capacidades de trabalho e relação social e interferindo no comportamento e na personalidade.

👉🏻 Os sintomas mais comuns são:

▶️ Perda de memória, confusão e desorientação;
▶️ Ansiedade, agitação, alucinação, desconfiança;
▶️ Alteração da personalidade e do senso crítico;
▶️ Dificuldades com as atividades da vida diária como alimentar-se e banhar-se;
▶️ Dificuldade em reconhecer familiares e amigos;
▶️ Dificuldade em tomar decisões;
▶️ Perder-se em ambientes conhecidos;
▶️ Inapetência, perda de peso, incontinência urinária e fecal;
▶️ Dificuldades com a fala e a comunicação;
▶️ Movimentos e fala repetitiva;
▶️ Distúrbios do sono;
▶️ Problemas com ações rotineiras;
▶️ Dependência progressiva;
▶️ Vagância.

⏩ A sobrevida após o diagnóstico pode variar de 3 a 20 anos, dependendo, obviamente, do quão demorado foi esse diagnóstico, do estado clínico do paciente no momento e da capacidade da família de prover cuidados médicos continuados.

⏩ Em média, a esperança de vida média de um paciente com Alzheimer é de 8 a 10 anos.

😉 Quanto antes a doença for identificada, melhor. Se o tratamento for feito bem no início, a pessoa viverá por mais tempo, melhor e com mais independência.

Via: Dra Denise De Carvalho


Sua opinião é muito importante para nós! Faça seu comentário: